QUER R$50 OFF? INSCREVA-SE NO

HENRIQUE INSIGHTS


Tempo de carregamento dilui o risco

Um portfólio deve ser estruturado de acordo com o objetivo para o qual ele se destina.

Prazos de investimento mais longos permitem termos uma maior tolerância a risco para obter maiores retornos.

Aprenda como equilibrar o nível de risco do seu portfólio ao prazo do seu objetivo.

Entenda que capacidade de tomar risco não é uma medida de VALENTIA.

Basicamente, quanto maior for o prazo dos nossos objetivos maior poderá ser a nossa aceitação a risco.

E tudo por um motivo muito óbvio: Todo retorno depende de um risco.

Buscaremos por combinações equilibradas de risco x retorno de forma que sejamos remunerados de maneira adequada para o tanto de risco que estamos correndo.

E vamos combinar o seguinte: para buscar maiores retornos, nós precisamos aprender a conviver e aceitar maior volatilidade.

Não tem escapatória.

Para provar que os investidores de longo prazo que aceitaram maior volatilidade foram premiados com melhores retornos trago a tabela abaixo:

Em um período extremamente longo(quase 90 anos) de análise, observe a relação umbilical entre aumento do retorno médio anualizado e o aumento da volatilidade de cada classe de ativo.

Isso posto, resta uma única conclusão se você quer buscar maiores retornos precisará conviver com ativos com maior volatilidade.

Historicamente ativos com maior volatilidade só machucam os investidores de curto prazo.

Não entendeu? É o seguinte, risco depende do tempo de carregamento.

Veja esta figura referente a um estudo do mercado de ações nos EUA entre 1950 e 2013.

Em períodos curtos (intervalos de 1 ano, por exemplo) você tem um risco enorme de ter prejuízo, porém a medida que vamos alongando este prazo o risco de perder dinheiro cai.

Conclusão: Aumentar o tempo de carregamento dilui fortemente o risco de investir em ações - ativos com elevada volatilidade.

Daqui tiramos duas obrigações fundamentais:

1 - se você busca a sua liberdade financeira em um período acima de 10 anos você precisa aprender a conviver com ativos com maior volatilidade como as ações para ter retornos maiores;

2 - Aportes recorrentes e constantes te fazem fugir dos extremos e com isso diluir seu risco de entrar na PIOR data. Exemplo, olhando para o gráfico acima o investidor que manteve aportes constantes por 25 anos teve um retorno médio anualizado entre 8% e 17%(nem o pior nem o melhor, o que para nós está ótimo afinal o valor médio em torno dos 12% nos é extremamente suficiente)

Quer melhorar a sua carteira de investimentos para alcançar aumentar a sua renda e acelerar a sua liberdade financeira?